Daniel Elmer Salmon deu seu nome ao gênero de bactérias Salmonella

Daniel Elmer Salmon (23 de julho de 1850 – 30 de agosto de 1914) era um cirurgião veterinário. Ele ganhou o primeiro diploma de doutor em medicina veterinária concedido nos Estados Unidos e passou sua carreira estudando doenças animais no Departamento de Agricultura dos EUA. Ele deu seu nome ao gênero de bactérias Salmonella, que foi descoberto por um assistente e nomeado em sua homenagem.

Infância e educação

Salmon nasceu em Mount Olive Township, Nova Jersey. O pai do Dr. Salmon morreu em 1851 e sua mãe, Eleanor Flock Salmon, morreu em 1859, deixando-o órfão aos 8 anos. Ele foi criado por seu primo em segundo grau, Aaron Howell Salmon, e passou algum tempo trabalhando na fazenda de Aaron além de ter sido balconista em uma loja de campo. Sua formação inicial foi na Mount Olive District School, no Chester Institute e no Eastman Business College. Frequentou a Universidade de Cornell e formou-se com o grau de Bacharel em Medicina Veterinária em 1872.
Após quatro anos adicionais de estudo, em saúde e ciência veterinárias, ele recebeu o diploma profissional de Doutor em Medicina Veterinária (D. M. V.) de Cornell em 1876, o primeiro D.V.M. concedido nos Estados Unidos. No final de sua carreira em Cornell, ele estudou na Alfort Veterinary School, em Paris, França.

Carreira

O Dr. Salmon abriu uma clínica veterinária em Newark, Nova Jersey em 1872 e posteriormente se mudou para Asheville, Carolina do Norte em 1875 devido a questões envolvendo sua saúde. Em 1877, ele deu uma série de palestras na Universidade da Geórgia sobre o tema da ciência veterinária. Ele trabalhou para o estado de Nova York, estudando doenças em suínos e para o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, estudando doenças de animais nos estados do sul. Em 1883, ele foi convidado a estabelecer uma divisão veterinária no Departamento de Agricultura. A divisão criada por Dr. Salmon acabou se tornando no escritório de indústria animal, onde ele serviu como chefe de 1884 a 1º de dezembro de 1905. Sob sua liderança, o escritório erradicou a pneumonia pleural contagiosa de gado nos Estados Unidos além de ter estudado e controlado a febre do Texas (Babesia). O Dr. Salmon também foi diretamente importante por ter proposto um programa federal de inspeção de carne. Como consequência, o programa começou a inspecionar o gado exportado e importado, além dos navios que o transportavam. Os gados provenientes do exterior eram colocados em quarentena, e, por fim, analisou os efeitos de doenças animais na saúde pública. Em 1906, ele estabeleceu o departamento de veterinária da Universidade de Montevidéu, Uruguai, e ficou à frente por cinco anos. Ele retornou aos Estados Unidos em 1911 e concentrou-se no trabalho veterinário na região oeste do país.

Salmonella é um gênero de microrganismo que recebeu o nome do Dr. Salmon em latim moderno em 1900 por J. Lignières, embora o homem que realmente descobriu e nomeou a primeira cepa, Salmonella cholerae suis, era Theobald Smith, assistente de pesquisa do Dr. Salmon, que isolou a bactéria em 1885. Desde aquela época, mais de 2.000 subtipos foram identificados.

Fonte: Wikipedia